Dedicado à Pietra Andrade Rodrigues, autora da idéia - 15 de Julho de 2010

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Jornada nas Estrelas

.
Star Trek
Produção: 1966 a 1969
Elenco: William Shatner, Leonard Nimoy, DeForest Kelley, James Doohan, George Takei, Nichelle Nichols
Produção: Desilu / Paramount
Número de Episódios: 79
Tema Musical: Alexander Courage
Criação: Gene Roddenberry
Dublagem: AIC SP e VTI RJ
.
"Jornada nas Estrelas" talvez seja a série de TV com maior número de admiradores mundo afora. Verdadeiro fenômeno televisivo, foi descoberta pelos fãs muitos anos depois de ter sido produzida, através de reprises que a transformaram na mais bem sucedida franquia de televisão do planeta.
.
Mas o início não foi fácil. Em 1963, o escritor Gene Roddenberry estava envolvido com uma série de TV chamada "O Tenente" (The Lieutenant). Estrelada por Gary Lockwood e Robert Vaughn, a mesma não foi bem de audiência e por conta disso fora cancelada em 1964, com apenas uma temporada produzida. A reação de Gene à tal acontecimento foi escrever 3 pilotos para novas séries de televisão. O material entregue em diferentes produtoras incluía um western convencional, um policial que anos mais tarde se transformou na série "Police Story" e uma ficção intitulada "The Cage", piloto para "Star Trek", algo que ele já vinha rascunhando desde 1961.
.
Roddenberry apresentou o conceito de "Star Trek" para os executivos de produção da Metro dentro de uma linha de raciocínio que prometia ficção científica com muitos efeitos especiais a custo acessível. Embora o discurso tenha impressionado, os mesmos resolveram não se arriscar por considerarem o projeto proposto inovador demais.
.
O passo seguinte foi apresentar a ideia para a Fox. Nova negativa, embora o estúdio estivesse planejando lançar uma outra série de ficção, que depois receberia o título de "Perdidos no Espaço". Gene Roddenberry percebeu que muito do conceito explanado por ele para a Fox fora depois aplicado em "Perdidos no Espaço". Bastante irritado, procurou pela Desilu, que anos antes havia produzido com extraordinário sucesso a série de TV "I Love Lucy" e que naquele momento passava por uma fase de decadência. Desta vez sua proposta de criar uma série de ficção barata porém, revolucionária foi aceita. O problema seguinte seria conseguir quem financiasse o projeto e por fim achar quem iria adquirir os direitos de exibição.
.
Depois de levar um não da CBS, Roddenberry convenceu a NBC sobre encomendarem junto a Desilu a filmagem de um episódio piloto no início de 1965. "The Cage" (A Jaula) tinha a frente do elenco o ator Jeffrey Hunter no papel do Capitão Christopher Pike, contracenando com Leonard Nimoy no papel do Sr. Spock. A trama foi considerada cerebral demais e difícil de ser entendida pelo grande público. Ainda assim, os executivos da NBC encomendaram um segundo piloto, decisão essa nunca tomada antes por nenhuma outra rede de televisão.
.
.
.
Para esta nova produção, os mentores da rede pediram que fossem suprimidos personagens femininos na ponte de comando da nave, assim como pediram também a exclusão do Sr. Spock em função do ar demoníaco que o personagem emanava. Roddenberry concordou com a primeira (até porque o público não estava acostumado a ver mulheres em posição de comando) mas teimou em manter Spock, alegando ser necessária a presença de um alienígena na nave espacial. Os executivos da NBC acabaram cedendo mas pediram que Spock não ficasse muito em evidência.
.
O segundo piloto - rodado ainda em 1965 - recebeu o título de “Where No Man Has Gone Before” (Onde Nenhum Homem Jamais Esteve) e não contou com a presença do ator Jeffrey Hunter, que foi substituído por William Shatner. A resposta positiva com relação a produção da série veio em Fevereiro de 1966. A estréia se deu em 08 de Setembro daquele ano, quando foi mostrado o episódio "The Man Trap" (O Sal da Terra). O segundo piloto passou por uma reformatação e acabou sendo exibido como o terceiro episódio do lote inicial que compõe o programa.
.
Curiosidades
.
1) Jeffrey Hunter via o projeto com grande entusiasmo mas era mal agenciado pela segunda esposa - Joan Bartlett - que teimava em tentar para o marido papéis no cinema, considerando televisão como sendo um veículo menor. Substituído por William Shatner, Hunter não conseguiu bons papéis no cinema e se entregou a bebida, vindo a se separar de Joan em 1967. Em 1968 sofreu um acidente quando uma explosão no set de filmagens de "Viva América" - rodado na Espanha - fez com que o ator sofresse lacerações na face e no crânio. Com recorrentes dores de cabeça e tonturas, casou-se novamente em Fevereiro de 1969, desta feita com a atriz Emily McLaughlin. Na tarde de 26 de maio de 1969, o ator caiu de uma escada de apenas três degraus em sua residência, na Califórnia, vindo a sofrer uma violenta fratura no crânio. Levado para o Hospital, não resistiu a uma cirurgia de emergência e morreu na manhã seguinte. Contava apenas 43 anos;
.
2) O piloto inicial "The Cage" nunca fora exibido na série regular, embora cenas de seu conteúdo tenham sido aproveitadas no episódio "The Menagerie" (A Coleção). O grande público só veio a conhece-lo anos mais tarde, quando lançado em VHS no ano de 1988 (aqui no Brasil pela CIC Vídeo, sob título "Jornada nas Estrelas - Como Tudo Começou");
.
3) A não evidência de Spock pedida em princípio pelos executivos da NBC não vingou. O personagem se tornou tão popular que com decorrer da série os mesmos executivos que antes o restringiam passaram a cobrar uma maior participação dele nos episódios;
.
4) William Shatner já havia trabalhado com Leonard Nimoy em 1964, no episódio "The Project Strigas Affair", da série de TV "O Agente da UNCLE", ainda em sua primeira temporada.
.
"Jornada nas Estrelas" é ambientada no século 23, com tramas que mostram um capitão e sua tripulação numa missão de 5 anos a bordo da nave estelar USS Enterprise. O Capitão é James Tiberius Kirk (William Shatner), tendo na tripulação o Sr. Spock (Leonard Nimoy) - um alienígena vulcano de orelhas pontudas - e um médico chamado Dr. Leonard McCoy (DeForest Kelley).
.
Os melhores momentos do programa ocorrem durante as discussões que envolvem tais personagens, visto que McCoy é emotivo, Spock é lógico e Kirk é a soma dos dois em formato racional equilibrado.
.
.
Completando a tripulação, temos o engenheiro-chefe Montgomery Scott (James Doohan), a oficial de comunicações Tenente Nyota Uhura (Nichelle Nichols), o timoneiro oriental Hikaru Sulu (George Takei) e o jovem navegador russo Pavel Chekov Ensign (Walter Koenig).
.
"Jornada nas Estrelas" era repleta de tecnologia futurista. Durante a série pudemos admirar o sistema de teletransporte, as armas “phaser” e até um instrumento de comunicação que lembra em muito um telefone celular, numa época em que o mesmo nem existia.
.
No Brasil, a série foi lançada pela TV Excelsior Canal 9 de São Paulo, em fins de 1967, as quartas-feiras, 22h00, em substituição a "James West" (ver quadro abaixo).
.

Em Janeiro de 1968 passou a ser exibida as 21h00 das quintas-feiras, com reprise no domingo, mesmo horário, após o programa "Bibi Sempre aos Domingos" (com Bibi Ferreira). Passadas algumas semanas, foi realocada somente para o horário das 22h00 das quintas-feiras, compondo uma tradicional linha de séries que na ocasião era exibida pela emissora (ver quadro abaixo).
.
Divulgação da TV Excelsior Canal 9 de SP - Abril 1968
.
Substituída pela série "Chaparral" em Fevereiro de 1969, "Jornada nas Estrelas" migrou da Excelsior para a Bandeirantes, onde foi exibida em diversos horários. Nos Estados Unidos,  não agradou ao grande público. Reza a lenda que o pai do produtor Gene Roddenberry chegou a pedir desculpas a alguns de seus vizinhos pelo  fracasso do programa. Mas um público fiel - embora estreito - deu a audiência necessária para a produção de duas temporadas, após o que a NBC decidiu cancelar a produção. Uma enxurrada de cartas antes nunca vista, enviada por fãs (que organizaram uma campanha popular) convenceram os executivos a produzirem uma terceira e última temporada. Mas isso ocorreu com a ressalva de se mudar dia e horário de exibição, além de exigirem redução no orçamento.
.
Durante os anos 70, várias emissoras pelo mundo promoviam sucessivas reprises de "Jornada nas Estrelas" (aqui no Brasil, a série chegou a ser exibida no período da tarde, "pela primeira vez em cores", pela extinta TV Tupi). Na ocasião, um instituto medidor da audiência americana alterou sua metodologia de apuração e descobriu que a série realmente não tinha uma audiência estupenda, mas atingia um público adulto com bom poder aquisitivo. Tais reprises levaram os fãs a promoverem convenções. Aos poucos, a série ganhou tremenda repercussão, a ponto da própria Paramount considerar ter sido um erro cancela-la após a produção da terceira temporada, em 1969. Sem ter o que fazer (já que retomar a produção da série semanal era algo fora de cogitação), Gene Roddenberry sugeriu a produção de uma versão animada, que estreou em 08 de Setembro de 1973, também pela NBC. Apesar do sucesso de crítica, foram produzidos apenas 16 episódios para a primeira temporada e somente 8 para a segunda. Episódios da série original foram recontados e novos personagens introduzidos. E os personagens principais foram dublados pelos próprios atores da série original.
.
Após o cancelamento da versão animada, inúmeros fãs pediram por uma nova produção. O sucesso da franquia continuava crescendo e o interesse em explorá-lo era enorme. No final dos anos 70, a Paramount chamou Roddenberry para desenvolver uma sequência. A produção incluiria estrelas do elenco original e o título proposto era “Jornada nas Estrelas – Fase II”.
.
Os planos para essa nova série de TV foram, no entanto, abandonados em decorrência do sucesso de "Gerra nas Estrelas" (Star Wars). A ideia a partir dali foi a de se produzir “Jornada nas Estrelas: O Filme”, em 1979, onde Gene atuaria como produtor executivo. O sucesso de bilheteria foi excelente e, em seguida, vieram outros filmes de boa aceitação: “Jornada nas Estrelas II: A Ira de Khan” (1982), “Jornada nas Estrelas III: À Procura de Spock” (1984), “Jornada nas Estrelas IV: A Volta Para Casa” (1986) e “Star Trek V: A Última Fronteira” (1989).
.
.
Em 1987, em comemoração aos 20 anos da série original, Roddenberry se envolveu na criação e produção de um nova série da franquia intitulada "Jornada nas Estrelas: A Nova Geração". A tripulação foi totalmente reformulada e contava agora com o capitão Jean-Luc Picard (Patrick Stewart), o primeiro-oficial William Riker (Jonathan Frakes) e o andróide Data (Brent Spiner). As missões passaram a acontecer numa nova Enterprise, um século depois das viagens de Kirk e sua equipe. Com modernos efeitos especiais para a época, esta nova série amadureceu ideias da série original e também se tornou um grande sucesso.
.
No dia 24 de outubro de 1991, Gene Roddenberry - que havia ganho uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood em 1985 - veio a falecer. Ele se casou por duas vezes e teve três filhos. Durante as filmagens de "Jornada nas Estrelas" chegou a se envolver com a atriz Nichelle Nichols. Seu envolvimento com outra atriz - Majel Barret, que vivia a enfermeira Chapel na série - culminou em seu segundo e último casamento, datado de 06 de Agosto de 1969. O filme “Star Trek VI: The World Undiscovered” (1991) foi dedicado à sua memória. Segundo consta, ele ainda conseguiu ver uma versão do filme poucos dias antes de sua morte, aos 70 anos de idade.
.
Foram produzidos ainda: "Star Trek Generations" (1994), "Star Trek: First Contact" (1996), "Star Trek: Insurrection" (1998), "Star Trek Nemesis" (2002) e "Star Trek" (2009).
.
Fazem ainda parte do legado: "Star Trek: Deep Space Nine" (1993), "Star Trek: Voyager" (1995) e "Star Trek: Enterprise" (2001), além de criações como "Andromeda" e "Terra: Conflito Final". Enfim, Roddenberry é creditado como criador de todos os episódios das séries “Star Trek”, além de todos os filmes e a maior parte dos videogames lançados com base na franquia. Foi uma das primeiras 24 pessoas - todas elas americanas - a ter as próprias cinzas sepultadas no espaço.
.
No Brasil, "Jornada nas Estrelas" era distribuída pela Brás Continental. A Desilu, produtora do programa em seu país de origem, enfrentava problemas financeiros e, sem uma base estável, entregava seus produtos para pequenas empresas de outros países promoverem a distribuição. A razão de tal insucesso era o fato da comediante Lucille Ball não conseguir administrar sozinha a produtora. Ela e o ex-marido Desi Arnaz haviam sido sócios em anos passados, quando produziram e estrelaram com grande sucesso a clássica "I Love Lucy". Em 1962, o casal já estava separado mas ainda atuando na sociedade, quando Desi se entregou a bebida. Os prejuízos se fizeram sentir e Lucy acabou por comprar sua parte. Na ocasião a Desilu produzia "Lucy Show", "Meus Três Filhos", "Ben Casey", "Lassie", "Meu Marciano Favorito", "Dick Van Dick Show" e "Os Intocáveis" (que Lucy cancelou por não gostar de programas violentos). Disposta a manter o negócio em pé, mas tendo orçamentos cada vez mais reduzidos, a atriz se envolveu com os projetos de "Missão Impossível" (série da qual ela confessava nunca ter entendido a real proposta) e "Jornada nas Estrelas". Em julho de 1967 Lucy se rendeu as dificuldades e vendeu a Desilu por 17 milhões de dólares para a empresa Gulf Western, que depois seria incorporada pela Paramount.
.
No Brasil, a transmissão em cores só se tornou realidade em 1972. E a Brás Continental, durante os anos 70 e 80, só conseguiu distribuir com grande sucesso duas séries coloridas de seu acervo: "Missão Impossível" e "Jornada na Estrelas". Como no final dos anos 80 tais séries deixaram de ser veiculadas na TV por absoluta falta de interesse dos programadores de plantão, a Brás Continental encerrou suas atividades dada a falta de recursos financeiros. A essa altura, todo seu acervo estava em mal estado de conservação no que diz respeito as dublagens que, com o fim da empresa, foram destruídas.
.
O problema da falta de tais dublagens se fez sentir no início dos 90 quando a extinta Rede Manchete de Televisão tomou a decisão de reexibir "Jornada nas Estrelas". A Paramount teve de partir para a redublagem e encomendou o trabalho ao estúdio carioca VTI que, em meio a uma crise financeira, redublou apenas as duas primeiras temporadas. A terceira temporada só foi redublada no final da década de 90, quando o já extinto canal de TV por assinatura USA (atual Universal) optou por reprisar a série na íntegra.
.
Atualmente circulam entre colecionadores alguns episódios de "Jornada nas Estrelas" com a dublagem original feita pela AIC SP (na verdade "Arte Industrial Cinematográfica São Paulo", estúdio de dublagem que ficava localizado no bairro paulistano da Lapa). Algumas imagens desses episódios estão disponibilizadas também no You Tube. Na verdade são cópias extraídas de fitas VHS gravadas em 1982 e 1983, quando a TV Bandeirantes exibiu pela última vez tal série em solo brasileiro com sua dublagem original.
.
.
Sendo a franquia mais rentável da Paramount, "Jornada nas Estrelas" teve episódios disponibilizados em VHS e foi depois lançada integralmente em DVD. Em comemoração aos 40 anos da série clássica, foi lançado o projeto de remasterização em alta definição, incluindo a substituição dos efeitos visuais originais por outros - novos e modernos - feitos em computação gráfica. A preocupação em tal processo foi corrigir defeitos que antes até eram visíveis no formato analógico, mas que ficariam terrivelmente comprometidos no formato digital.
.
Graças ao resultado obtido nesse processo, a série clássica voltou a ser exibida na televisão americana a partir de 16 de Setembro de 2006, indo ao ar em mais de 200 canais. A primeira temporada remasterizada foi lançada mundialmente em DVD no mês abril de 2009. O famoso tema de abertura — de Alexander Courage — também foi refeito em um estúdio de altíssima qualidade. A grande novidade foi a inclusão de uma voz feminina no tema, acompanhada por uma orquestra. A clássica narração do ator William Shatner, que começa com “Space, the final frontier…”, foi remasterizada e também abre cada episódio da série remasterizada.
.
Do elenco de "Jornada nas Estrelas" já são falecidos:
DeForest Kelley (1920 - 1999)
James Doohan (1920 - 2005)
Leonard Nimoy (1931 - 2015)
.
Jornada nas Estrelas - Abertura - Dublagem Original
.
video
.
Jornada nas Estrelas - Abertura do 1º Piloto
.
video
.
Jornada nas Estrelas - Abertura do 2º Piloto
.
video
.
Lista de Episódios

• Temporada 1
                                          /65   The Cage (Pilot)
01     1-01      6149-06   08/Sep/66   The Man Trap
02     1-02      6149-08   15/Sep/66   Charlie X
03     1-03      6149-02   22/Sep/66   Where No Man Has Gone Before
04     1-04      6149-07   29/Sep/66   The Naked Time
05     1-05      6149-05   06/Oct/66   The Enemy Within
06     1-06      6149-04   13/Oct/66   Mudd's Women
07     1-07      6149-10   20/Oct/66   What Are Little Girls Made Of?
08     1-08      6149-12   27/Oct/66   Miri
09     1-09      6149-11   03/Nov/66   Dagger of the Mind
10     1-10      6149-03   10/Nov/66   The Corbomite Maneuver
11     1-11      6149-16A  17/Nov/66   The Menagerie Part I
12     1-12      6149-16B  24/Nov/66   The Menagerie Part II
13     1-13      6149-13   08/Dec/66   The Conscience of the King
14     1-14      6149-09   15/Dec/66   Balance of Terror
15     1-15      6149-17   29/Dec/66   Shore Leave
16     1-16      6149-14   05/Jan/67   The Galileo Seven
17     1-17      6149-18   12/Jan/67   The Squire of Gothos
18     1-18      6149-19   19/Jan/67   Arena
19     1-19      6149-21   26/Jan/67   Tomorrow is Yesterday
20     1-20      6149-15   02/Feb/67   Court Martial
21     1-21      6149-22   09/Feb/67   The Return of the Archons
22     1-22      6149-24   16/Feb/67   Space Seed
23     1-23      6149-23   23/Feb/67   A Taste of Armageddon
24     1-24      6149-25   02/Mar/67   This Side of Paradise
25     1-25      6149-26   09/Mar/67   The Devil in the Dark
26     1-26      6149-27   23/Mar/67   Errand of Mercy
27     1-27      6149-20   30/Mar/67   The Alternative Factor
28     1-28      6149-28   06/Apr/67   The City on the Edge of Forever
29     1-29      6149-29   13/Apr/67   Operation -- Annihilate!
.
• Temporada 2
.
30     2-01      60334     15/Sep/67   Amok Time
31     2-02      60333     22/Sep/67   Who Mourns for Adonais?
32     2-03      60337     29/Sep/67   The Changeling
33     2-04      60339     06/Oct/67   Mirror, Mirror
34     2-05      60338     13/Oct/67   The Apple
35     2-06      60335     20/Oct/67   The Doomsday Machine
36     2-07      60330     27/Oct/67   Catspaw
37     2-08      60341     03/Nov/67   I, Mudd
38     2-09      60331     10/Nov/67   Metamorphosis
39     2-10      60344     17/Nov/67   Journey to Babel
40     2-11      60332     01/Dec/67   Friday's Child
41     2-12      60340     08/Dec/67   The Deadly Years
42     2-13      60347     15/Dec/67   Obsession
43     2-14      60336     22/Dec/67   Wolf in the Fold
44     2-15      60342     29/Dec/67   The Trouble with Tribbles
45     2-16      60346     05/Jan/68   The Gamesters of Triskelion
46     2-17      60349     12/Jan/68   A Piece of the Action
47     2-18      60348     19/Jan/68   The Immunity Syndrome
48     2-19      60345     02/Feb/68   A Private Little War
49     2-20      60351     09/Feb/68   Return to Tomorrow
50     2-21      60352     16/Feb/68   Patterns of Force
51     2-22      60350     23/Feb/68   By Any Other Name
52     2-23      60354     01/Mar/68   The Omega Glory
53     2-24      60353     08/Mar/68   The Ultimate Computer
54     2-25      60343     15/Mar/68   Bread and Circuses
55     2-26      60355     29/Mar/68   Assignment: Earth
.
• Temporada 3
.
56     3-01      60043-061 20/Sep/68   Spock's Brain
57     3-02      60043-059 27/Sep/68   The Enterprise Incident
58     3-03      60043-058 04/Oct/68   The Paradise Syndrome
59     3-04      60043-060 11/Oct/68   And the Children Shall Lead
60     3-05      60043-062 18/Oct/68   Is There in Truth No Beauty?
61     3-06      60043-056 25/Oct/68   Spectre of the Gun
62     3-07      60043-066 01/Nov/68   Day of the Dove
63     3-08      60043-065 08/Nov/68   For the World is Hollow and I Have Touched the Sky
64     3-09      60043-64  15/Nov/68   The Tholian Web
65     3-10      60043-067 22/Nov/68   Plato's Stepchildren
66     3-11      60043-068 29/Nov/68   Wink of an Eye
67     3-12      60043-063 06/Dec/68   The Empath
68     3-13      60043-057 20/Dec/68   Elaan of Troyius
69     3-14      60043-071 03/Jan/69   Whom Gods Destroy
70     3-15      60043-070 10/Jan/69   Let That Be Your Last Battlefield
71     3-16      60043-072 17/Jan/69   The Mark of Gideon
72     3-17      60043-069 24/Jan/69   That Which Survives
73     3-18      60043-073 31/Jan/69   The Lights of Zetar
74     3-19      60043-076 14/Feb/69   Requiem for Methuselah
75     3-20      60043-075 21/Feb/69   The Way to Eden
76     3-21      60043-074 28/Feb/69   The Cloud Minders
77     3-22      60043-077 07/Mar/69   The Savage Curtain
78     3-23      60043-078 14/Mar/69   All Our Yesterdays
79     3-24      60043-079 03/Jun/69   Turnabout Intruder

Nenhum comentário:

Postar um comentário